All Benefits fecha parceria com ACIV pensando em reduzir custos dos associados

Atuando de forma integrada a nova parceira da Associação

Comercial e Industrial de Vinhedo garante economia e melhores serviços

O plano de saúde é o segundo colocado entre os principais custos do departamento de Recursos Humanos das empresas. Por isso, fazer a gestão adequada deste benefício, assim como do plano odontológico e seguro de vida, por exemplo, é um ponto fundamental para garantir a tão procurada redução de custos nas companhias. É com este intuito que a AllBenefits acaba de firmar uma parceria com a Associação Comercial e Industrial de Vinhedo (ACIV).

A AllBenefits é uma empresa de gestão de benefícios e seguros empresariais que atua de forma integrada. Quando se trata do plano de saúde, por exemplo, a companhia assume a parte Operacional, de Risco e de Saúde. Desta forma, além da inserção e exclusão de beneficiários, ela entrega relatórios periódicos com os dados de utilização do plano contratado e, a partir destas planilhas, desenvolve ações de promoção de saúde específicas para os colaboradores da empresa.

“Temos vasta experiência na administração de benefícios e seguros empresariais. Mais do que programas e softwares desenvolvidos especificamente para isso, temos contato muito próximo com as principais operadoras do país, como Amil e Bradesco, e o que é mais interessante para as empresas da ACIV, com as operadoras regionais de Valinhos, como Saúde Beneficência e Santa Tereza”, comentou Melina Maria Dias, gerente comercial da AllBenefitis.

Entre outros aspectos positivos para companhias que já se associaram à AllBenefits está a argumentação embasada no momento de decidir sobre o reajuste da operadora, no aniversário do contrato. “Por meio dos relatórios que disponibilizamos, conseguimos identificar a real utilização do plano e estornar possíveis desvios”, explicou Melina. “Além disso, graças aos programas de saúde que as empresas passam a desenvolver, a procura por hospitais tende a ser muito menor, entre os colaboradores. Ou seja, os reajustes costumam sofrer fortes quedas”.

Toda empresa busca constantemente lucrar mais. Para isso, há duas formas: reduzir custos ou gerar novas receitas. É sabido que a primeira opção é mais fácil do que a segunda, uma vez que os custos já são uma realidade, enquanto que novos ganhos demandam planejamento, investimentos, dependem de fatores externos e não são certeza de sucesso. Por isso, vale a pena reduzir um custo que, com certeza, interfere consideravelmente nos seus resultados. E melhor do que apenas economizar é receber em troca um serviço de melhor qualidade.